Produtividade

Trabalhar mais pressupõe mais resultados, correto?

Infelizmente, muitas empresas hoje em dia não conseguem fechar essa equação. A questão é que embora trabalhar em quantidade seja necessário, é muito mais importante que esse tempo de trabalho seja empregado de maneira assertiva.

Planejamento, foco, criatividade, determinação e efetividade são características inerentes a qualquer pessoa e empresa de sucesso. Trabalhar menos e produzir mais pode parecer, à primeira vista, incoerente. Mas se pararmos para pensar nos novos modelos de mercado e nos benefícios que o mundo moderno nos proporciona, fica fácil notar que produtividade é sinônimo de trabalhar melhor, e não necessariamente de trabalhar mais.

Os bônus, planos de benefícios e programas de incentivos são muito utilizados hoje no sentido de motivar os funcionários. É claro que para trabalhar com mais qualidade é importante que os colaboradores sejam estimulados nesse sentido, no entanto apenas isso não resolve o problema. Outros pontos são essenciais e podem alavancar a produtividade da sua empresa.

Você já sabe como anda a produção na sua empresa? Essa é a primeira e uma das principais perguntas, porque o primeiro passo é justamente ter em mãos esse feedback sem achismos. Para isso, é importante que as tarefas diárias sejam analisadas, e existem várias maneiras de fazer isso. Gerenciar o que foi planejado e o que foi cumprido, bem como quanto tempo cada funcionário leva para determinada função, é um bom começo.
Primeiro, localizar falhas e, depois, estabelecer estratégias, nessa ordem.

Agora, sabendo o que você tem em mãos, acompanhe algumas dicas que podem alavancar a produtividade na sua empresa!

01. Invista em formação: foco na qualificação
Para garantir que os funcionários irão dar o suporte que a empresa necessita, a qualificação adequada para cada função é essencial. Além de no ato da contratação especificar bem os atributos requeridos para a vaga, os cursos, reuniões e capacitações com os funcionários são uma premissa para que o desempenho da equipe melhore constantemente. Encaminhar os funcionários para cursos fora do Estado também é uma garantia de expansão do conhecimento dentro da empresa. Na Clip, acreditamos que a qualidade da empresa se deve também à qualidade de vida dos colaboradores, por isso, investimos em formação e por aqui está dando certo ✔

02. Melhore os canais de comunicação interna
Uma cultura produtiva é impossível dentro de um ambiente que está fechado a ideias e que não permite sugestões, críticas e inovações vindas de seus colaboradores. É importante que os canais de comunicação estejam sempre abertos dentro da empresa, para que seus colaboradores se sintam aptos e confortáveis a conversar. As pessoas que estão na base da empresa e lidando diariamente com determinadas funções podem saber coisas que você, que delega, não sabe. A prática leva a perfeição, não é? Deixe que os funcionários pratiquem. Erros por falta de atenção são diferentes de erros por tentativas de inovação. Saiba distinguir, saiba conversar, e tenha sempre veículos abertos para essas conversas, inclusive no momento de desligamento de funcionários, seja diretamente com o dono da empresa ou com o RH.

03. Elabore e defina planos de ação
Para que as tarefas sejam realizadas com eficiência, é importante que se tenha na mente de todos os envolvidos as suas metas individuais, bem como as metas da equipe.
Você conhece a técnica das metas SMART? Ela é uma ótima estratégia para organizar os colaboradores em prol de um objetivo.
S – Específicos (Specific): as metas devem ser formuladas de forma específica e precisa;
M – Mensuráveis (Measurable): as metas devem ser definidas de forma a poderem ser medidas e analisadas em termos de valores ou volumes;
A – Atingíveis (Attainable): a possibilidade de concretização das metas deve estar presente, ou seja, devem ser alcançáveis;
R – Realistas (Realistic): as metas não devem pretender alcançar fins superiores aos que os meios permitem;
T – Temporizáveis (Time-bound): as metas devem ter prazo e duração definidas.

04. A Cesar o que é de Cesar: defina responsabilidades
Metas elaboradas, o próximo passo é saber o quê fica com quem. Se a tarefa fica na mão de todos, fica na mão de ninguém. A verdade é que se não tem alguém responsável especificamente por algo, as coisas vão ficando para depois e passando de mão em mão. Por isso, é importante estabelecer critérios por departamento ou pessoa. Isso ainda facilita na hora que acontece aquele imprevisto e ninguém sabe com quem falar, ou seja, o monitoramento fica mais claro e fácil de visualizar quando sabemos a quem recorrer.

05. Tecnologia e ferramentas
O avanço da tecnologia certamente agiliza a vida de muita gente. Seja para marcar uma reunião ou para mandar um recado, a internet certamente mudou tudo. Para os negócios, não é diferente. Aquele vilão que todo mundo conhece, a burocracia, agora é dispensável. Com programas que integrem os processos das empresas e sistemas que ajudem a fazer uma boa gestão de RH, as soluções tecnológicas são grandes aliadas da agilidade. É necessário, porém, avaliar sempre os prós e os contras antes de implementar quaisquer ferramentas. Com cuidado e atenção, você certamente irá encontrar as melhores opções que a tecnologia e a internet oferecem nesse vasto campo de possibilidades que existe hoje.

06. Saiba usar o tempo a seu favor
Lembre-se que a chave para a eficiência é priorizar. Por isso, mapear os principais objetivos da empresa é necessário, analisando o tempo que cada função leva. É interessante ainda alternar os colaboradores em diferentes funções para fazer um comparativo da performance. Saiba o que o seu negócio precisa e direcione os colaboradores para essas funções.

Bom trabalho! 😊

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *